segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Astrônomos da Babilônia já usavam geometria para rastrear Júpiter


Os antigos astrônomos babilônios já usavam gráficos geométricos para calcular a posição dos planetas 1.400 anos antes de a técnica ser "redescoberta" por matemáticos no Ocidente.

A revelação foi feita pelo arqueoastrônomo Mathie Ossendrijver, da Universidade Humboldt, em Berlim, e ganhou a capa da última edição do periódico científico americano "Science".

A descoberta se deu a partir da análise de quatro tabletes praticamente intactos que foram inscritos na Babilônia entre 350 e 50 a.C. A próspera cidade mesopotâmica se localizava onde hoje é a região central do Iraque, no Oriente Médio.


Fonte: Folha de SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário