sexta-feira, 29 de maio de 2015

França nega, e EUA limitam dinheiro privado em campanhas


Existem diferentes maneiras de se financiar campanhas eleitorais e partidos políticos –tema pautado na reforma política que tramita pela Câmara dos Deputados.

No Brasil, para evitar que o STF (Supremo Tribunal Federal) proíba doações de empresas a campanhas eleitorais, a Câmara dos Deputados quer incluir o financiamento privado na Constituição.

A Casa aprovou na quarta-feira uma emenda que permite doações a partidos. Um dia antes, rejeitou validar um modelo semelhante: doações liberadas para partidos e candidatos.

Confira as limitações a doações privadas e o funcionamento do financiamento público em cinco países - acesse e saiba mais.

Fonte: Folha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário