sábado, 23 de maio de 2015

Escola encontra carta escrita por Einstein para alunos há quase 65 anos

Colégio Anchieta contratou perita, que garantiu a veracidade do documento. Texto e foto assinados estavam guardados em cofre, diz diretor da escola.


Carta original escrita por Einstein em 1951 e dedicada aos alunos (Foto: Felipe Truda/G1)

Uma carta escrita há quase 65 anos pelo físico alemão Albert Einstein foi encontrada dentro de um cofre no Colégio Anchieta, na Zona Norte de Porto Alegre. O documento datilografado, assinado à mão pelo cientista, contém uma mensagem aos alunos.

A direção da escola contratou a perita judicial e grafologista Liane Pereira, que garantiu a autenticidade do documento.

Junto com a carta havia uma foto do cientista, também assinada. Réplicas das relíquias estão expostas no museu da escola, dentro de uma redoma de vidro.

A tradução do texto escrito em alemão é a seguinte: "Quem conheceu a alegria da compreensão conquistou um amigo infalível para a vida. O pensar é para o homem, o que é voar para os pássaros. Não toma como exemplo a galinha quando podes ser uma cotovia [pássaro da família das aludídeas]".

O diretor-geral da escola, João Claudio Rhoden, explica que, desde quando começou a trabalhar na instituição, há cerca de 40 anos, ouvia falar sobre o documento. Sabia que ele estava guardado em um cofre e que a chave estava em seu próprio gabinete. Leia mais e assista ao vídeo.

Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário