sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Novas bicicletas públicas de Copenhague, na Dinamarca, vêm com tablets embutidos

Aparelhos ligam e desligam o motor elétrico da bicicleta e trazem GPS, com indicações de pontos turísticos e restaurantes

Uma das estações das bicicletas modernas de Copenhague - Divulgação/Bycyklen

Em 2012, Copenhague encerrou seu sistema de bicicletas públicas. Depois de ter sido pioneira no conceito, lançando um modelo de aluguéis por moedinhas ainda nos anos 1990, a capital da Dinamarca parecia estar regredindo enquanto grandes cidades como Nova York, São Francisco, São Paulo e Rio lançavam seus programas. Pois, neste ano, Copenhague deu passos largos à frente ao inaugurar as 20 primeiras estações da GoBike, sistema de bicicletas públicas elétricas com tablets embutidos.

Os tablets - com cabos escondidos no guidão para evitar roubos e vandalismo - têm função de computador de bordo. Neles, o passageiro pode escolher se utilizará a bicicleta na função manual ou elétrica; conferir os horários de trens e metrôs; reservar uma segunda bicicleta para outra pessoa; e calcular as rotas mais rápidas entre os destinos.

Para os ciclistas-turistas, além de ser possível escolher a função em inglês (mais universal que o dinamarquês), há dicas de pontos de interesse, restaurantes e serviços. Por enquanto, não houve registros de roubos dos tablets nem das bicicletas. Continue lendo...

Fonte: O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário